top of page

Clínica de Reabilitação em Pontalina Goiás

A Clínica de Recuperação Renovar II LTDA CPNJ - 42.267.462/0001-10 Tem o principal objetivo de proporcionar bem-estar e qualidade de vida, buscando a modalidade que melhor se encaixa em cada caso, o que contribui efetivamente para o sucesso da recuperação do dependente e para o retorno a uma vida produtiva na família, no trabalho e na sociedade. Jovens de 15 a 17 Anos, adultos 18 a 59 Anos e idosos 60 a 79 do sexo masculino e Feminino.

Clínica de drogas para menores de idade
Clínica de Recuperação em Pontalina Goias

A partir das Idades citada acima, do sexo masculino e Feminino, com quadros de transtornos de abuso/compulsão de drogas lícitas ou ilícitas e suas respectivas consequências danosas, bem como de co-morbidades psiquiátricas correlacionadas ao diagnóstico toxicomaníaco.

Identificação do Projeto da Clínica Renovar em Pontalina Goiás


1.1– Nome: Projeto Terapêutico – Clínica de Recuperação em Caldas Novas Novo Dia

Autor: Péricles Carvalho Passos


1.2 – Publico -Alvo: Jovens 15 a 17 Anos, adultos 18 a 59 Anos e idosos 60 a 79 do sexo masculino e Feminino.


1.4 – Equipe Profissionais de Saúde:


Ivano Gomes P Da Silva – Médico Psiquiatra (CRM GO - 6654).

Thiago – Clínico Geral (CRM GO - 19532).

Perícles Carvalho Passos – Psicólogo e Psicanalista ; Mestrando em psicologia pela UFG: Especializando em Saúde Mental e Dependência Química Juvenil e Adulto (CRP 09/010556).

Vanessa Da Costa Luz Santos – Graduada em Enfermagem (COREN 728.776)

Paulo Roberto da Silva – Técnico em Enfermagem (COREN 776.850)

Cleomar da Silva Borges – Terapêuta Hoslitico em Dependencia Química


Equipe de Gestão e Disciplina


Thalysson da Silva – GESTOR ADMINISTRATIVO

Paulo Roberto da Silva – COORDENADOR

Eurismar Alves Santana – COORDENADOR E SEGURANÇA.


2. Uma atenção especializada em Dependência Química / Alcoólica:


Em 1964, a Organização Mundial de Saúde (OMS) postulou que dependência química não tem como característica essencial a tolerância ou a dependência física, mas o consumo compulsivo de drogas, isto é, a pressuposição de uma alteração mais comportamental do que metabólica. Hoje em dia, a revista American PsychiatricAssociation (APA), sistema diagnóstico mais influente para distúrbios mentais, define a dependência química (vício) como um agrupamento de sintomas indicando que o indivíduo continua a usar uma determinada substância apesar de ter consciência de que ela está lhe trazendo danos.


Atualmente a avaliação de um paciente na clínica de recuperação em pontalina Goiás tá envolvido em alterações comportamentais decorrentes do uso de substâncias psicoativas é realizada levando em conta várias dimensões:


2.1 Avaliação Física e histórico de problemas de saúde


Avalia-se o peso, sinais vitais, integridade física, resposta a estimulos sensoriais, disposição física, se há distúrbio de alimentação e sono, necessidades fisiológicas. Avalia-se também indicios de problemas físicos de saúde, histórico de problemas de saúde, se há presença de ferimentos e dores, investiga-se histórico de tolerância ou alergia a medicações.


2.2 Avaliação Clínica de consumo e critérios de gravidade


É investigado se há a presença de pelo menos a três critérios apresentados durante os últimos 12 meses como por exemplo: Fissura, tolerância, uso frequente e acima do planejado, abstinência, complicações de saúde em decorrência do uso abusivo e etc, conforme metodologia e classificação do DSM-V.


2.3Avaliação motivacional:


Estágio do paciente em relação a mudança e suas expectativas em relação ao tratamento.


2.4 Avaliação de risco


Avalia a existência de problemas agudos relacionados ao uso de substâncias. Principais riscos segundo a NHS (2006):


⦁ risco de auto agressão, fuga, suicídio, automutilações.

⦁ risco associado ao uso de droga: overdose, ambientes de consumo violentos;

⦁ risco de causar danos a terceiros: ameaça a equipe, crianças, violência doméstica, condução de veículos;

⦁ Comportamentos de risco, sexo sem proteção, troca de drogas por sexo.


2.5 Avaliação psiquiátrica


A clínica Renovar 2 na cidade de Pontalina Avalia a presença de transtornos mentais associados e a necessidade de medicação específica para dependência química/alcoólica ou conforme o quadro clínico diagnóstico pelo CID 10.


2.6 Avaliação neurológica


Avalia a presença de alterações cognitivas. Na Clínica de Reabilitação Pontalina Não é uma avaliação obrigatória, mas todo profissional deve considerar a presença de alterações cognitivas entre usuários de álcool e outras drogas.


OBS: Quando necessário, o psicólogo responsável também auxilia por meio de aplicações de testes cognitivos para avaliar possíveis prejuízos e se há quadro de demência instalada em casos específicos.


Introdução:


Os transtornos mentais são agravos de saúde altamente prevalentes na sociedade atual. Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), transtornos mentais como depressão, abuso de álcool, transtorno bipolar e esquizofrenia se encontram entre as 20 principais causas de incapacidade. Fato pela qual a ocorrência de internações tem sido um recurso necessário de acordo com a lei 10.2016 e 13.840/19, uma vez que outros serviços de atenção secundária a saúde não são suficientes.


Em vista da emergência por práticas de tratamento e saúde mental que sejam eficazes, é lícito afirmar que qualquer proposta institucional que ofereça algum tratamento em saúde mental atualmente precisa de uma equipe multidisciplinar e projeto de tratamento que funcione por meio de etapas, que seja essencialmentehumanizado, tenha uma visão holísticae que considere o sujeito em sua integralidade, com respeito a sua raça, cultura, cor, sexo, subjetividade e etnia.


A Clínica de Recuperação Renovar em Pontalina- é uma instituição especializada no cuidado e reabilitação de dependentes químicos/alcoólatras e comorbidades de forma humanizada com resgate a dignidade, através de um trabalho consistente de reabilitação física, cognitiva, comportamental, motivacional e espiritual. Sua filosofia é o bem-estar e a transformação do paciente com a estimulação de suas potencialidades, corresponsabilidade e desenvolvimento de habilidades de enfrentamento para maior auto eficácia em sua ressocialização.


Em acordo com as exigências da Vigilância Sanitária e do Ministério da Saúde, a instituição em questão respeita a resolução - RDC 29 e ampara-se nos critérios de Comunidade Terapêutica privada, com a prestação de serviços de atenção a pessoas com transtornos decorrentes do uso, abuso ou dependência de substâncias psicoativas (SPA), em regime de residência.


O que oferecemos


A Clínica Renovar em Pontalina oferece plantão em atendimento via telefone 24 horas: A instituição oferece atendimento 24 horas para agendamento, orientação, direcionamento de internações em pronta urgência sendo voluntárias ou involuntárias.


Avaliações Ambulatoriais Emergenciais: Atendimento multidisciplinar com o paciente e seus familiares. No intuito de avaliar o estado emocional e cognitivo, bem como o nível de abuso ou dependência de uso de drogas. Durante esta etapa se promove, a principio, atendimentos individuais com o paciente e seus familiares, seguidos de um atendimento conjunto com familiares e pacientes, com o objetivo de definir o encaminhamento terapêutico para o caso.


Equipe de atendimento em internação com enfoque multidisciplinar: Contamos com uma equipe de saúde multidisciplinar especializada em saúde mental e Dependência Química/Alcoólica..


clínica para alcool e drogas em pontalina
clínica de recuperação de drogas em pontalina

Admissão do Paciente


Para que o paciente seja admitido e submetido ao projeto terapêutico é necessário primeiramente a intenção voluntária deste de se tratar, quando este encontra-se em condições conscientes e apto a tomar decisões, mediante a assinatura de um termo de internação voluntária e com avaliação psiquiátrica com CID da doença, a assinatura e ciência de um responsável da família também é exigido. Salvo em casos de internação compulsória sob ordem judicial e com autorização dos familiares de primeiro grau. Em respeito a lei 10.216 e 13.840/19, será realizado exame de corpo de delito na admissão do paciente em regime de internação e bem como em sua alta de internação.


Plano de Ação Especializado para Dependentes Químicos/Alcoólatras:


O processo de tratamento consiste em um conjunto de fatores no que se refere a procedimentos avaliativos e ações conjuntas de acordo com a etapa temporal, quadro clínico e motivacional do acolhido, sendo estes:


Triagem:

I – Acolhimento e Preparação ao Tratamento

II – Entrevista familiar

II – Avaliação física, avaliação psíquica, queixa e motivo da internação.

III – Anamnese individual

IV – Quadro diagnóstico / Encaminhamento da família a grupo de amor exigente ou Terapia Familiar.

V – Aconselhamento psicológico


Desintoxicação e Intervenção contra sintomas de abstinência (Início até 3 meses):


⦁ Abstinência completa de substâncias psicoativas, com exceção de prescrição medicamentosa psiquiátrica.

⦁ Alimentação balanceada e saudável, frutas, chás, beber bastante líquido são fatores que auxiliam na desintoxicação do corpo.

⦁ Atividades ocupacionais, tais como: laborterapia, laser, atividades lúdicas e musicalidade.

⦁ Intervenção medicamentosa psiquiátrica (conforme necessidade): Em casos de sintomas evidentes de abstinência, tais como: Insônia, ansiedade, depressão, pânico, inquietação, despersonalização, perca do controle dos esfíncteres, desatenção, irritabilidade, delirium tremis, fissura, convulsões, obnubilação, desordem mental, dores psicossomáticas, desidratação e etc.

⦁ Atividades Físicas e Desportivas: Alongamento, Musculação, Atividade de Circuito-Funcional e Jogos Esportivos.

⦁ Terapia em grupo: Reunião de sentimentos, Terapia de Auto-ajuda e Psicoterapia em grupo.

⦁ Técnicas de Relaxamento e controle de Ansiedade: Aulas psicoeducativas, psicoterapia individual, vivências e dinâmicas em grupo.


Conscientização e Reencontro familiar: (A partir de 30 dias a 3 meses)


⦁ Palestras sobre Efeitos danosos das substâncias psicoativas, Dependência Química e Co dependência.


⦁ Grupo de Autoajuda

⦁ Grupo Maturidade

⦁ Reunião de Sentimentos

⦁ Dinâmicas motivacionais

⦁ Estudos dos 12 passos de A.A/N.A

⦁ Cine debate

⦁ Aconselhamento Familiar

⦁ Atendimento familiar com a participação do acolhido.

⦁ Cultos ecumênicos/ Trabalho de Espiritualidade

⦁ Estimulação a leitura de livros terapêuticos


Reeducação Comportamental sobre Auto Responsabilidade (Durante todo o processo de acolhimento):


⦁ Rotina e Regimento interno pautado em respeito, responsabilidade, limites, horários e disciplina.

⦁ Psicoterapia individual (Análise funcional e Técnica comportamental de modelagem de comportamentos, método cognitivo para mudanças de crenças sintomáticas, desenvolvimento de resiliência, ressignificação de traumas, Tolerância a frustação e Desenvolvimento de Habilidades sociais assertivas).

⦁ Mapa de avaliação do Acolhido: Avaliação de higiene, pontualidade, trabalho, aceitação, serenidade, espiritualidade, resumo geral, disciplina.

⦁ Estudos dos 12 passos de A.A / N.A

⦁ Feedback comportamental.

⦁ Grupo de Autoajuda

⦁ Dinâmicas e Temáticas sobre Frustrações, Inteligência Emocional, Assertividade, Autoestima, Luto e Saúde-Mental, Relações familiares, Mudanças de hábitos.

⦁ Aula-Psicoeducativa: Desenvolvimento de habilidades sociais, mudanças de comportamentos, estabelecimento de princípios pessoais e interpessoais nas relações humanas.

⦁ Cultos ecumênicos/ Trabalho de espiritualidade

⦁ Projeto terapêutico singular


Desenvolvimento de Plano de Vida Pessoal e Estratégias de Enfrentamento para Manutenção da Abstinência (De 2 a 3 meses):


⦁ Reunião dos 12 passos do A.A/N.A

⦁ Inventário pessoal de desenvolvimento e reflexão de um projeto de vida para o futuro.

⦁ Aula psicoeducativa sobre Resolução de Problemas

⦁ Inventário de Estratégias de Enfrentamento

⦁ Psicoterapia individual (Método cognitivista de modificação de crenças e comportamentos)

⦁ Dinâmicas motivacionais


Projeto de Prevenção de Recaídas (Véspera da alta):


⦁ Projeto individual e familiar de prevenção de recaídas a partir do Feedback ao acolhido, em relação sua a evolução, histórico de recaídas, fatores de risco, e busca por fatores protetivos. Desenvolvido c/ o Psicólogo ou Terapeuta.


Visitas Quinzenais a Instituição previamente marcadas pelos profissionais (Após alta):


⦁ Reencontro com outros acolhidos

⦁ Aconselhamento com Terapeuta ou Psicólogo

⦁ Atendimento Psiquiátrico


Estratégia Terapêutica Singular:


I - Prescrição medicamentosa (Conforme avaliação psiquiátrica)

II - Psicoterapia Individual Estruturada (Com foco nos fatores que ocasionaram o desencadeamento da doença atual, desenvolvimento de resiliência, identificação das dificuldades e fomento das potencialidades do sujeito)

III - Terapias em Grupo

V - Arte Terapia

IV - Preparação da família


Estabilização Clínica


I - Prescrição medicamentosa (Conforme avaliação psiquiátrica)

II - Psicoterapia Individual Estruturada com foco em conscientização, modificação de crenças e reeducação de comportamentos

III -Terapias em Grupo

IV - Terapia Familiar

V - Arte Terapia


Prognóstico de Desenvolvimento Saudável em Sociedade:


I - Feedback psiquiátrico e psicológico

II - Projeto de vida para o futuro

III - Psicoterapia individual

IV - Terapias Motivacionais

V - Desenvolvimento de ferramentas de prevenção e enfrentamento de situações gatilho.


OBS: A proposta de tratamento para pacientes com especificidades de doenças mentais está isenta da obrigatoriedade de comparecimento as reuniões específicas para toxicomaníacos.


Modalidades de Alta do Tratamento:



8.1- Alta por conclusão do período – Se dará quando o acolhido cumprir a programação e estiver em boas condições físicas, psicológicas e disciplinares.


8.2- Alta por abandono/solicitação – Se dará quando o acolhido, contrariando a opinião da equipe interdisciplinar, abandona ou solicita o afastamento do programa terapêutico. Ela se dará somente mediante a presença do responsável e sob a autorização do responsável legal pela internação. Em caso de internações voluntárias é obrigatório o acolhido aguardar o período de 48h após a solicitação de desligamento para sua saída da Clínica.


8.3- Alta por desligamento administrativo – Se dará quando o acolhido não se adaptar às normas e rotinas de funcionamento da Comunidade e provoca alterações no funcionamento normal da mesma e da Equipe.


Recém Chegado na Clínica Novo Dia


Até 03 dias (Ambientação, desintoxicação, espiritualidade).


1º Etapa, Grupo de Adaptação Motivacional: Avaliação 30 DIAS.


03 a 30 dias (Reuniões de estudo e leitura do 1 passo, laborterapia, espiritualidade, conscientização, disciplina, grupo de sentimento, reflexão e ajuda estudo bíblico, psicoterapias, depoimentos e palestras temáticas, prevenção a recaída)


2º Etapa do Programa Aprendizado: Avaliação com 60 DIAS.


30 a 60 dias (Reuniões de estudo e leituras de 2º Passo do programa de 12 passos, laborterapia, identificação, espiritualidade, conscientização, disciplina, grupo de sentimento, reflexão e ajuda, estudo bíblico, psicoterapias, depoimentos e palestras temáticas, prevenção a recaída).


3º Etapa do Programa Aprendizado: Avaliação Com 90 DIAS.


60 a 90 dias (Reuniões de estudo e leitura do 3º Passo do programa de 12 passos, laborterapia, identificação, espiritualidade, conscientização, disciplina, grupo de sentimento, reflexão e ajuda, estudo bíblico, psicoterapias, depoimentos e palestras temáticas, prevenção a recaída


4º Etapa do Programa Aprendizado: Avaliação Com 120 DIAS.


90 a 120 dias (Reuniões de estudo e leitura do 4º Passo do programa de 12 passos, laborterapia, identificação, espiritualidade, conscientização, disciplina, grupo de sentimento, reflexão e ajuda, estudo bíblico, psicoterapias, depoimentos e palestras temáticas, prevenção a recaída)


5º Etapa do Programa Aprendizado: Avaliação Com 150 DIAS.


120 a 150 dias (Reuniões de estudo e leitura do 4º Passo do programa de 12 passos, laborterapia, identificação, espiritualidade, conscientização, disciplina, grupo de sentimento, reflexão e ajuda, estudo bíblico, psicoterapias, depoimentos e palestras temáticas, prevenção a recaída)


6º Etapa do Programa Aprendizado: Avaliação Final 165 DIAS.


(Última etapa antes de voltar a sociedade, metas de recuperação e prevenção a recaída.


Todos os trabalhos e avaliações desta apostila só podem ser feitas através da liberação do conselheiro terapêutico.


clínica de drogados em pontalina goías

Informações de Registro


CNPJ: 42.267.462/0001-10 - 42267462000110

Razão Social: Centro Terapeutico Renovar II LTDA

Nome Fantasia: Centro Terapeutico Renovar II

Data da Abertura: 09/06/2021 2 anos, 5 meses e 15 dias

Porte: Micro Empresa

Natureza Jurídica: Sociedade Empresária Limitada

Opção pelo MEI: Não

Opção pelo Simples: Sim

Data opção Simples: 09/06/2021

Capital Social: R$ 70.000,00

Tipo: Matriz

Situação: Ativa

Data Situação Cadastral: 09/06/2021


Localização

Logradouro: Rua Fortunato Gregorio, 39

Bairro: Setor Central

CEP: 75620-000

Município: Pontalina

Estado: Goiás

Para correspondência: Centro Terapeutico Renovar II Centro Terapeutico Renovar II LTDA Rua Fortunato Gregorio 39 Setor Central Pontalina GO 75620-000


Atividades - CNAES


Principal: 87.20-4-01 - Atividades de centros de assistência psicossocial

Secundária(s):

87.20-4-99 - Atividades de assistência psicossocial e à saúde a portadores de distúrbios psíquicos, deficiência mental e dependência química e grupos similares não


Sobre


A empresa Centro Terapeutico Renovar II de CNPJ 42.267.462/0001-10, fundada em 09/06/2021 e com razão social Centro Terapeutico Renovar II LTDA, está localizada na cidade Pontalina do estado Goiás. Sua atividade principal, conforme a Receita Federal, é 87.20-4-01 - Atividades de centros de assistência psicossocial. Sua situação cadastral até o momento é Ativa.


114 visualizações5 comentários

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page